"Holding"

por Mery Pomerancblum Wolff


Este termo  provêm do verbo inglês  hold e significa colocar os braços em torno de alguém ou ter algo ou alguém em seus braços. Foi utilizado por Donald Winnicott, no inicio de seus estudos para  descrever os cuidados físicos que a mãe oferece ao bebê. Considera que esta função designa o que ele entende como mãe/ambiente.  Mais adiante, este autor ampliou o significado deste termo  para descrever a atitude materna não apenas de segurar  e cuidar fisicamente do bebê mas também envolvendo a atitude de dar-lhe  uma sustentação empática, amorosa.

O holding consiste na sustentação que a mãe oferece ao seu bebê na rotina diária de cuidados, quando esta , ao segurar  seu bebê, toca-o, aconchega-o e conversa com ele,  favorecendo a que as noções que este  têm do mundo possam ir se organizando e que seu  psiquismo  em  formação se constitua  de forma  integrada.É esta rotina que provê uma experiência de continuidade, desde o nascimento, que possibilita ao bebê apreensão de uma realidade estável , possível de ser integrada e compreendida. A própria mãe se oferece ao bebê  espelhando  o desejo do mesmo  e assim ele se conhece e se reconhece ao se apropriar das experiências nesta relação.

 Através do holding a mãe também fornece o apoio ao ego, o que é muito importante nos momentos iniciais da vida quando existe uma dependência absoluta dela.  Nesse momento de vida do bebê ainda não existe uma integração do ego e através do holding  este  tem a oportunidade de alcançar certo amadurecimento.

Ao exercer esta função a mãe se  adapta  de forma máxima ao bebê,  se oferecendo como um “apoio egóico”  capaz de acolher o ego imaturo do bebê favorecendo um caminho para o seu crescimento e amadurecimento emocional e a emergência de um self coeso,  integrado no tempo e espaço,  mas também separado e  capaz de se relacionar com outras pessoas. Esta capacidade gera um sentimento  que Winnicott considera fundamental  que é a sensação de SER.

Fazendo uma analogia entre o desenvolvimento psíquico e o tratamento psicanalítico, podemos dizer que durante este o analista exerce uma função de holding ao oferecer-se como um ambiente estável e seguro em que o analisando pode confiar no sentido de poder buscar uma  integração e, a partir daí,  desenvolver-se  rumo à  uma condição ser.